Pra quem não conhece, o livro micro-hábitos é um dos grandes e aclamados livros sobre hábitos dos últimos anos. Seu autor é o pesquisador BJ Fogg.

Esse livro aborda a implementação de um hábito de forma natural e uma das suas premissas é tornar este hábito o mais simples possível para que você não desista, pelo menos no inicio, até que o hábito seja consolidado.

Mas além disso o BJ também reforça que não devemos contar com a motivação para manter um hábito.

Ele acredita e comprova que se para realizarmos um hábito precisamos estar motivados, a tendência de falharmos ou abandonarmos é enorme no futuro, afinal, a motivação é traiçoeira.

Está leitura é recomendada para qualquer pessoa que deseja incluir hábitos e atividades em sua rotina. A leitura é simples e o método aplicável até mesmo para quem possui apenas 10 minutos livres na rotina.

8 Aprendizados com o livro Micro Hábitos

1) O micro é poderoso

Começar pequeno pode ser o que falta para que um hábito se naturalize na sua vida. Reduza o esforço para manter constância. O livro reforça que você pode passar anos fazendo 2 flexões por dia, mas o importante é que mesmo doente você nunca irá deixar de fazer, pois não há dificuldade. A tendência é que você evolua, mas sem dor.

2) Não conte com a motivação

Como já falamos acima, a motivação é traiçoeira. Precisamos incluir um hábito que seja micro no inicio para se encaixar na rotina e que você não precise estar motivada para fazer.

3) Tenha um comportamento âncora

Comportamento âncora nada mais é do que algo que vai te levar a executar o hábito que você deseja. Você usa um comportamento natural e habitual para incluir o que realmente deseja fazer. Exemplo: após ligar a cafeteira (comportamento âncora, pois faço todos os dias sem esforço), vou estender o tapete e fazer yoga (hábito que quero executar).

4) Pratique o autoconhecimento e investigue as razões da mudança que você quer fazer

Por que você deseja mudar este comportamento? O que tem te incomodado? Investigue o que te leva a desejar tanto uma mudança e veja caminhos diferentes para atingir.

5) Qual é a sua aspiração

Talvez você não saiba o que significa isso, mas aspiração tem a ver com o desejo de se tornar algo ou atingir determinado objetivo. Uma pessoa não quer apenas comer melhor, ela quer ser mais saudável. Muitos hábitos que você deseja incluir tem a ver com a aspiração que você quer atingir. Exemplo: você doa aos mais pobres, se preocupa com o descarte do lixo, opta por utensílios ecológicos e busca entender sobre o planeta. Qual é a sua aspiração? Se tornar uma pessoa que cuida do meio ambiente e para isso realiza ações que te aproximam deste objetivo. Você pode começa pequeno, mas quase todos os hábitos que você deseja incluir te levam a uma aspiração. Caso os seus hábitos não digam sobre você e sim sobre os outros, essa é a hora de repensar.

6. O sentimento causa mais mudança do que a motivação

A motivação é momentânea, ela vem, mas vai embora. O sentimento não. O sentimento que algum hábito te causa impacta muito na sua ação futura. Se um hábito ou comportamento te causam sensações boas, é provável que você o repita. Já a motivação vai embora a medida que o hábito se naturaliza na rotina.

7. Comemore suas conquistas por mais bobas que pareçam

No livro, BJ Fogg reforça o quão importante é comemorar suas conquistas. Que isso te faz repetir mais vezes, pois reforça a satisfação. Já sabemos o quão importante é vibrar por nossa evolução, mas é importante comemorar até um copo a mais de água caso você esteja tentando fortalecer esse hábito.

8) “A Mudança é mais eficaz quando eu me sinto bem e não quando eu me sinto mal”

Para BJ Fogg não precisamos acreditar que somente na dor, há vitória. Mas sim quando o hábito te causa um sentimento positivo. Tudo que já sabemos como seres humanos, afinal, quantas vezes tentamos implementar hábitos pela dor e falhamos? Por isso é importante praticar o autoconhecimento para incluir atividades a medida que você sente prazer.

Indicamos muito esse livro, pois anda lado a lado com o método do Hábitos para rotinas criativas e planejamento versátil.

O que você achou? comenta com a gente!

Write A Comment